Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

do alto do meu castelo

Se não puder escrever sobre o que penso, sobre o que sinto, sobre a vida, sobre este mundo retorcido, cortem-me as mãos e, por via das dúvidas, cosam-me a boca. De outra forma, não vou calar-me! Só os loucos podem mudar o Mundo.

do alto do meu castelo

Se não puder escrever sobre o que penso, sobre o que sinto, sobre a vida, sobre este mundo retorcido, cortem-me as mãos e, por via das dúvidas, cosam-me a boca. De outra forma, não vou calar-me! Só os loucos podem mudar o Mundo.

Dizem as notícias #3

Hoje vou destacar duas notícias que poderão, ou não, ser perturbadoras.

 

No meio do sem-fim de aplicações que surgem todos os dias para I-phones e smartphones em geral, surge-nos a notícia de uma, desenvolvida na Islândia, cujo objectivo é nada menos que: (Será que estão preparados para isto?)

Evitar relacionamentos amorosos entre familiares! - Isto mesmo! Segundo parece lá na Islândia há alguma dificuldade em perceber quem é ou não da família de quem. Diz que a população é bastante reduzida, são quase todos parentes entre si, portanto esta aplicação vai facilitar a vida dos solteiros e solteiras islandesas.

Parece que já os estou a imaginar num bar à noite.

'Olhe desculpe, você é extremamente gira. Mas antes de me meter consigo descaradamente e assediá-la à bruta, diga-me só o seu nome para eu verificar se somos irmãos de pais diferentes, ou se é minha sobrinha, ou outra coisa do género.'

 ?????

O lema, segundo esta notícia, parece ser:

'Se eu tivesse esta aplicação no ano passado, provavelmente não teria levado a minha prima para casa.' - É por aqui que se percebe que, em Portugal, isto nunca resultaria. Afinal de contas, o lema por cá, é mais 'Quanto mais prima, mais se lhe arrima' Sim, somos um povo assim delicado.

Ao menos os islandeses são mais delicados. Ao fim de anos e anos de relações incestuosas, podem por fim, respirar de alívio e passar a comer só as irmãs dos outros.

Podem ler na totalidade aqui: http://www.ionline.pt/mundo/aplicacao-evita-relacionamentos-amorosos-entre-familiares


 

Por oposição ao raciocínio dos islandeses, esta aplicação jamais entrará num telemóvel saudita. Descobri que na Arábia Saudita as mulheres estão proíbidas de se relacionar com homens que não sejam seus parentes. - Ah pois é Islândia! E eles são muitos, por lá o difícil deve ser encontrar um parente num café (mas as mulheres também não podem andar sozinhas em bares e cafés, que isso é uma pouca vergonha...).

 

A verdade, é que é malta que gosta de manter as coisas em família, para evitar chatices. E não há cá complicações por causa disso. A menos, é claro, que assim do nada, aterrem no país três homens particularmente atraentes. Neste caso, logo se accionam as medidas necessárias para os expulsar do país, não vá dar-se o caso de alguma mulher se embeiçar por um deles!

 

'Você é demasiado jeitoso. Enfie-se já num avião e ponha-se daqui para fora! E agora vou ali num instante casar com a minha sobrinha. Até mais logo!'

 

E para que não digam que estou a inventar, leiam aqui: http://www.ionline.pt/mundo/homens-expulsos-da-arabia-saudita-serem-demasiado-atraentes


 

E se ainda não estão perturbados, espreitem isto: http://on.aol.com/video/why-the-crucifixion-scene-haunted-the-bibles-diogo-morgado-517743155

É uma pequena amostra da entrevista conduzida pela Oprah ao Diogo Morgado. Atentem na fracção de segundo em que a Oprah parece pensar 'Este puto é doido', depois dele chorar como uma menina.

O Castelo

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D