Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

do alto do meu castelo

Se não puder escrever sobre o que penso, sobre o que sinto, sobre a vida, sobre este mundo retorcido, cortem-me as mãos e, por via das dúvidas, cosam-me a boca. De outra forma, não vou calar-me! Só os loucos podem mudar o Mundo.

do alto do meu castelo

Se não puder escrever sobre o que penso, sobre o que sinto, sobre a vida, sobre este mundo retorcido, cortem-me as mãos e, por via das dúvidas, cosam-me a boca. De outra forma, não vou calar-me! Só os loucos podem mudar o Mundo.

...

Amor, hoje eu vi o futuro. Hoje eu vi a nossa família. Hoje eu vi a nossa felicidade, amor. Não tem sido um caminho fácil, amor. Não tem. Mas é o nosso caminho e é isso que nos faz. Seremos o nosso caminho, amor. E merecemo-lo. Hoje eu vi o futuro, amor. Sim, vi o futuro. É nosso. Tão fruto da nossa persistência. Tão fruto das mãos dadas, amor. Sim, o nosso futuro. Se tu visses amor! Como sorríamos aquele nosso sorriso. Aquele idiota, amor. O das tontices de horas passadas a dizer palavras sem sentido. Caricaturas. E é esse o nosso sorriso, amor. É esse o sorriso do nosso futuro, que eu vi. Esse futuro, amor. É tão bonito! Vais gostar. Vais gostar muito de te encontrar comigo lá. Foi tão breve, amor. Uma visão que me veio e que me foi. Tão breve é tão bastante para que a sentisse acontecer. Sou uma privilegiada, amor. Por segundos, pude sentir-nos num momento que está para vir. Segundos, amor. Que me bastaram as certezas, que me bastaram as dúvidas, que me bastaram as forças. Que me bastaram os medos. Segundos, amor. Que me encheram e preencheram. Obrigada amor, pela viagem. Obrigada pelo caminho de mãos dadas. Pelo nosso caminho torto e frágil, que é nosso. Nosso como o futuro, que eu vi. Torto e frágil. Tão sólido, tão forte, tão bonito, o destino que descobri. E enchem-me e preenchem-me as mãos dadas, amor. Tortas, frágeis, magoadas, mãos dadas. Fé abalada, fé perdida, fé duvidada. Não tenho fé em nós, amor. Hoje vi o nosso futuro. Vi a nossa família. Hoje senti o nosso amor, amor. Existimos. Estamos a chegar. Não tenho fé em nós, amor. Já somos a nossa fé. Hoje vi o nosso futuro, amor. Ele tem caracóis, e ela, cabelo liso como o meu.

O Castelo

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D