Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

do alto do meu castelo

Se não puder escrever sobre o que penso, sobre o que sinto, sobre a vida, sobre este mundo retorcido, cortem-me as mãos e, por via das dúvidas, cosam-me a boca. De outra forma, não vou calar-me! Só os loucos podem mudar o Mundo.

do alto do meu castelo

Se não puder escrever sobre o que penso, sobre o que sinto, sobre a vida, sobre este mundo retorcido, cortem-me as mãos e, por via das dúvidas, cosam-me a boca. De outra forma, não vou calar-me! Só os loucos podem mudar o Mundo.

Um dia vais apaixonar-te.

Um dia tu vais apaixonar-te. E vais saber que não é isto o amor.

Amor não se coaduna com resignação, com lógica ou com respeito perante a negação desprovida de sentido do objeto desse amor.

Amor não se coaduna com a mera noção de que o ser que amamos possa estar apaixonado ou envolvido com outra pessoa.

Amor não se coaduna com calma.

Amor por vezes, não se coaduna com amor.

Um dia tu vais apaixonar-te. E vais descobrir que nunca isto foi amor.

O amor é completamente fodido. Tal como as pessoas.

O amor vive-se inconformado. Vive-se intenso.

Não é um ‘fogo que arde sem se ver’. Mas queima as entranhas.

O amor explode-nos no peito e dói de uma forma que nos faz querer sentir mais.

Isto que tu sentes não é amor.

Um dia tu vais apaixonar-te e não vais querer defender-te.

 Amor não se defende. Não se protege.

O amor é.

Corre nas veias e alimenta o corpo.

O amor intoxica e é egoísta.

Amor é querer mais, mas não é ser melhor.

Amor não pactua com hipocrisia. Amor é coração.

É brutalmente honesto e extraordinariamente violento.

Não se coaduna com o conceito de metade.

Amor é inteiro.

Amor não se desculpa com medos ou mágoas.

É entrega.

Amor é um salto de fé em ti que amas.

Não significa reciprocidade.

Amor é uma viagem alucinante.

É descoberta dos teus sentidos.

O amor é de quem ama. Não é de duas pessoas.

Um dia vais apaixonar-te. Isto não é amor.

Um dia vais apaixonar-te. Não vais ter medo de sentir.

Isto não é amor.

O Castelo

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D